Iae seus retuita elogio, suave? Shaq por aqui depois de um tempinho, porque o pai merece férias também, né?!

Retornei do gozo de meu período sabático e percebi que tinham já varias paradas de 2K19, e ninguém na cena tá pra brincadeira, acho que vem muita coisa boa por ai. Mas, quem me chamou muita atenção, foi menino Jermaine, da Carolina do Norte aka vizinho do Michael Jordan, que dropou um single, que provavelmente estará presente no seu sétimo disco de estúdio, ou na tape colaborativa da Dreamville, Revenge of the Dreamers III, ambas ainda sem data de lançamento divulgadas.

Atm GIF by J. Cole - Find & Share on GIPHY

Cole lançou MIDDLE CHILD quarta passada, dividindo mais uma vez com T Minus (produziram juntos Kevin’s Heart) a produção, a faixa nos apresenta uma pegada bem trap(ish) com umas notas já característica do produtor, como o sintetizador marcante no fundo, hi-hats compassados e um piano bem progressivo. Já na caneta, o fundador da Dreamville não decepciona, apesar de vir de uma série de baixas, J. Cole conseguiu ajustar o tom do discurso que vem trazendo desde seu trampo anterior, KOD. Na track ele se diz o filho do meio, que é “submisso” aos mais velhos, e ajuda a guiar os mais novos.

Quando digo que conseguiu acertar o discurso não me leve a mal, os jabs pra cena em False Prophets, 1985 e KOD, foram sim concisos, porém tendiam mais a um viés pessoal do MC, como por exemplo os versos direcionados ao Kanye e ao Lil Pump, mas aqui em MIDDLE CHILD, muitas linhas condizem com a situação atual do jogo e soam como um conselho para os rappers mais novos, ao mesmo passo que Cole justifica que vêm pra cima e não desperdiçará tempo com beefs pequenos e ‘disses’ sem sentido, como vemos no refrão:

Niggas been countin’ me out
I’m countin’ my bullets, I’m loadin’ my clips
I’m writin’ down names, I’m makin’ a list
I’m checkin’ it twice and I’m gettin’ ’em hit
The real ones been dyin’, the fake ones is lit
The game is off balance, I’m back on my shit

Shocked J Cole GIF - Find & Share on GIPHY

Acredito que, apesar da boa caneta e da faixa não decepcionar, J. Cole ainda deve muito nesse próximo projeto, para provar que pode fazer algo no nível de 2014 FHD, o qual considero ser seu melhor disco. Dito isso, MIDDLE CHILD é uma boa faixa, num bom momento e uma boa promoção para o trabalho vindouro, aguardemos ansiosamente.

PEACE OUT!

One Reply to “Single Review: MIDDLE CHILD por J. Cole”

Comments are closed.