ricoreviewIAI, BÊÊÊÊÊ! Tudo bem?! A review de hoje, sim negada, é dele, do rapper que mais lacra nesse país, e o seu nome é: Rico Dalasam. Depois do seu EP, “Modo Diverso”, Dalasam vem com seu aguardado disco  “Orgunga”, cheio de orgulho e empoderamento. E como nós do RapSh!t amamos quando o rap quebra horizontes, decidimos fazer essa critica. 
Bem,  eu não conheço o “Modo Diverso” do Dalasam, mas do que eu escutei em Orgunga, eu achei ele bastante interessante. O primeiro ponto que me chamou bastante atenção foi seu vocabulário, que é bastante rico, cheio de gírias e palavras soltas aqui e ali que me fizeram escutar atentamente pra saber do que ele tava falando. E é claro,  ele deixa isso bem nítido em “MilliMilli”, primeira faixa do EP, que é  a comprovação de sua força e seu otimismo contra o preconceito, racismo e tudo aquilo que um gay negro sofre nesse país.
A inclusão de timbres indianos, as suas flautas e percussões brasileiras deixam tudo lindo musicalmente, que é também outro grande ponto positivo do disco. Na qual,  Dalasam trás uma sonoridade muito boa, positiva, pra cima e muito dançante. “Riquíssima” é uma das tracks que mais me diverti, e vem apresentando todas as percussões bem brasileiras já ditas lá em cima. Porém, a partir do momento que o EP vai se materializando em sua metade, falta brilho  (meio irônico se tratando do Rico), porque as faixas são bem entregues, entretanto, não apresentam grande proeminência, destaque.
“Orgunga”, é bem produzido. Luiz Café toma conta da masterização – esse cara é um mito-, e as batidas são assinadas pelos Mahal Pita, Filiph Neo, Pifo, Arthur Joly, Xuxa Levy e Duani. O EP trás questões difíceis com bom jogo de cintura, alegria, mas sem aprofundamento temático. Além claro,  como já falei  lá em cima, faltar saliência. Todavia, Rico Dalasam nos trás um ep bom, autêntico, alegre e dançante. Só escute, bebê.
 

2 Replies to “Review Nacional: "Orgunga" por Rico Dalasam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.