iiidrops
Fala, seus seleção brasileira! (YOUR TEARS ARE DELICIOUS) Pai de volta pra mais uma review de segunda feira. A bola da vez é Joey Purp, menino prodígio lá de Chicago que solto sua tape “iiiDrops”, lê-se “Eye Drops”, e tão falando muito bem dessa tape por aí, mas cês sabem, o que importa é quantos shits o filho da puta leva. Então, vamo. 
Joey Purp não vai te deixar de queixo caído com a habilidade no mic, mas ele consegue manter o ouvinte com o que ele fala, ele conta as histórias de Chi-Raq, como logo no ínicio ele solta um pouco da experiência de presenciar um assassinato em “Sex Morning” mas sem muita profundidade. Felizmente isso, muda no projeto e nos temos tracks como “Money & Bitches” e “When I’m Gone” que são tracks bem mais profundas.
O grande ponto forte da tape é a produção, não tem um beat meia boca e o melhor é que todos são de produtores novos, até então desconhecidos. Gosto muito do beat da “When I’m Gone” e dá evolução dele na track, do sample de “Money & Bitches”, que é o mesmo do hino “Vida Loka Pt.2”, enfim. Assim como a tape, a produção não tem um compromisso com a coesão e isso na real, não afeta o projeto, talvez até o deixe mais equilibrado.
Mesmo que num overall, eu tenha curtido bastante a tape, pra mim ela tem alguns buracos. Não achei que a pegada dançante latina da “Say You Do” caiu bem no álbum, ainda mais entre duas tracks bem mais “sérias”, assim como acontece com a  “Photobooth” e até a “Girls”, a diferença é que eu curti essas duas últimas, mas ainda penso que elas poderiam ter sido melhor encaixadas na tracklist.
Entre os meus destaques pessoais da tracklist: “Kids”, sem dúvidas a minha track preferida, os vocais elétricos ásperos do Joey mesclando com o beat super noisy, e o melhor combo de hook+bridge do ano; “When I’m Gone” é outro destaque, é uma track mais pessoal, basicamente um desabafo e um relato de várias paradas da vida do MC,  ele passa vários casos e sinto que é a mais relacionáveis da tape; “Money & Bitches”, tem feat do Mick Jenkins e O sample, já é o suficiente pra ser destaque.
Vi muita gente falando que essa é a tape do ano até agora, e, pelo menos pra mim, é a melhor até agora mesmo. “Ah, Vinar e o Chance?”, vamos apenas dizer que eu nunca curtir livros para colorir. Então é isso, seus putos, até semana que vem e abraços! PEACE!

2 Replies to “Review: "iiiDrops" por Joey Purp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.