puffdaddy-620x400O dono da lendária “Bad boy records” está de novo nas ruas rapaziada ! Puff Daddy largou nos últimos dias a mixtape/album “MMM” ou “Money Making Mitch”, título inspirado sobre um personagem de um filme chamado “Paid in Full”, onde o traficante Mitch, do Harlem, bastante popular na sua quebrada, era um verdadeiro homem de negócios. E isso já deixa claro as pretensões do bagulho, né? O Puff é o Mitch do rap ! Sem delongas, vamos para a análise.
“MMM” foi difícil para mim. A mixtape, no primeiro play, foi irritante de mais, horrível. Porém, no segundo play – dei uma chance porque sou desses – eu não achei TÃO ruim assim, mas o trampo é fraco. Puff Daddy não é aquele primor de rapper, ele não tem cadência e suas rimas são daquelas que quase ninguém da bola, e aqui, a maioria dos seus versos são assim. Em quase todas as faixas, o cara simplesmente é superado por seus “convidados”. Em “Everyday“, a melhor track, temos o Styles P matando geral com a Tish no refrão. O Pusha T, vem sendo aquele traficante que todos nós amamos, e junto com o Styles P, devoram o Puff nas barras.
“All or Nothing”, “Workin” e “MMM” são muito meia boca. Tipo, em “Workin”, Travi$ só mostra pra nós que sabe muito bem usar o Auto tune, além de termos o Big Sean sendo aquele adolescente de 14 anos rimando. Já o rapper do Harlem pica de mel, é muito invariável. Tem tracks que ele manda versos legais, tem tracks que ele manda versos ruins, e assim vai até a última faixa do trampo.
O flow, é maçante, quase indigesto. A temática, era meio óbvia, mas o cara levou ao pé da letra demais e ficou chato. Enquanto isso, as participações foram boas para razoáveis, os únicos que me deixaram meio decepcionados foram o Travi$ Scoot, Big Sean e até mesmo o King Los. Que bad. Por fim, a produção, quase tudo no nome do dono da Bad boy e do The Hitman. Meio decepcionante, esperava uns funk foda ta ligado, uns samples da hora..não foi dessa vez, ou seja,  MMM (Money Making Mitch) é sem sal, sem diversão, sem nada, passe reto, cê não vai perder nada.
Nota2,5
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.